Taça BH – dia 2: Em jogos equilibrados, Corinthians e Vasco vencem e grupo terá definição só na última rodada

Silverio Amora 15/07/2017 0
NAC x Vasco

Na segunda rodada da Taça BH de Futebol Sub-17 deu a lógica, mas foi mais difícil que o esperado: o Corinthians venceu o Uberlândia por 2 x 1 e o Vasco derrotou o Nacional por 1 x 0.

Com os resultados, as definições do Grupo F ficam para a última rodada, que vai ser disputada na manhã de domingo. A classificação está da seguinte forma:

Classificação - Grupo F

Não tem ninguém matematicamente classificado, tampouco alguém já eliminado. No domingo, às 9h, Uberlândia e Vasco se enfrentam. Já às 11h, será a vez de Nacional e Corinthians duelarem.

UBERLÂNDIA 1 x 2 CORINTHIANS

No primeiro jogo da fria noite de sexta-feira em Muriaé, o Corinthians confirmou o favoritismo diante do Uberlândia, mas não sem dificuldades.

A partida começou bastante equilibrada, mas, aos poucos, o time paulista foi demonstrando sua melhor qualidade. A equipe insistia nas jogadas pelo lado direito e foi levando perigo. Até que aos 28 minutos, Gustavo Mantuan recebeu lançamento por trás da zaga e bateu forte por baixo das pernas do goleiro Vinicius para fazer 1 x 0.

Só que não teve nem muito tempo para comemorar: dois minutos depois, o Uberlândia cobrou falta na área e Luiz Henrique cabeceou para deixar tudo igual. Segundo gol do time na competição e o segundo que saiu de jogada aérea.

Na segunda etapa, o Corinthians veio disposto a resolver o jogo. Logo aos 3 minutos, o troco veio na mesma arma do adversário: falta batida na área, o zagueiro Ronald desviou de cabeça para balançar as redes. 2 x 1.

Depois disso, o jogo caiu muito em qualidade e intensidade. O Uberlândia até tentava o empate, mas esbarrava no bem armado sistema defensivo corintiano. Já o Timão até buscou o terceiro gol, mas também não teve êxito e o jogo terminou mesmo em 2 x 1.

FICHA TÉCNICA

UBERLÂNDIA 1 x 2 CORINTHIANS

Motivo: Taça BH de Futebol Sub-17 (2ª rodada)

Data: 14/07/2017

Hora: 18h

Local: estádio Soares de Azevedo (Muriaé)

Árbitro: Márcio Tavares da Silva

Auxiliares: Emílio Júnio Nascimento Santos e Tiago Moreira Lopes

Gols: CORINTHIANS: Gustavo Mantuan (aos 28 minutos do primeiro tempo) e Ronald (aos 3 minutos do segundo tempo); UBERLÂNDIA: Luiz Henrique (aos 30 minutos do primeiro tempo)

UBERLÂNDIA

Vinicius; Lucas Marques, Victor Hugo, Lucas Barreiro e Alan; Gustavo, Marcos Vinicius (Wilmer), Luiz Henrique e Weslei Luis; Luiz Gustavo (Sávio, depois Vitor) e Breno. Téc: Nilo Elias

CORINTHIANS

Maltos; Gabriel Galegos, Marcello, Ronald e Lucas Pires; Felipe (Cauã), Dú, Gustavo Mantuan (Lucas Piton) e Vitinho (Keverton); Welliton (Piracicaba) e Mascarenhas (Luan). Téc: Marcos Soares

______________________________________________________________________

NACIONAL 0 x 1 VASCO

A segunda partida seguiu a lógica da primeira: o favorito até venceu, mas teve muitas dificuldades para isso.  Esse fato pode ser simbolizado nos últimos cinco minutos de jogo, quando Vasco, que vencia por 1 x 0 e estava com um jogador a menos, ficou segurando a bola no lado esquerdo de ataque, revezando entre escanteios, laterais e faltas. Um jogo feio, que irritou os torcedores que compareceram ao estádio Soares de Azevedo.

O jogo começou com o Nacional apostando na velocidade do atacante Geovane Nunes. Sempre caindo pelo lado esquerdo, ele incomodou bastante o sistema defensivo cruzmaltino, a ponto de dois jogadores serem amarelados por faltas no camisa 11 do NAC.

Apesar da disposição das duas equipes, o jogo teve baixa qualidade técnica, ficando muito truncado no meio campo. Se o Nacional apostava em Geovane, o Vasco respondia acionando Vinicius, que também levava perigo com jogadas de velocidade e habilidade.

Mas o gol saiu de uma jogada de bola parada: No último minuto do primeiro tempo, Laranjeira cobrou falta na área e Miranda cabeceou para fazer 1 x 0 para a equipe carioca.

Na volta para o segundo tempo, as duas equipes continuaram sem muita criatividade para levarem perigo aos goleiros adversários. O Vasco chegou a ter o zagueiro Leonan expulso com o segundo cartão amarelo, mas não foi o suficiente para o NAC, que pouco conseguiu incomodar. E usando da experiência, a equipe cruzmaltina “amarrou” o jogo até esperar o apito final.

FICHA TÉCNICA

NACIONAL 0 x 1 VASCO

Motivo: Taça BH de Futebol Sub-17 (2ª rodada)

Data: 14/07/2017

Hora: 20h

Local: estádio Soares de Azevedo (Muriaé)

Árbitro: João Luiz Gomes Neto

Auxiliares: Emílio Júnio Nascimento Santos e Tiago Moreira Lopes

Gol: VASCO: Miranda (aos 39 minutos do primeiro tempo)

NACIONAL

Matheus; João Neto, Fábio Maranhão, Pedro e Luiz Fernando (Gustavo); Giovany, Matheus Furtado (Edinei), Douglas Colt (Maguinho) e Kayã (Thiago); Geovane Nunes e Leorran. Téc: Lucas Moreira

VASCO

Lucão; Sergipe, Miranda, Leonan Abreu e Teteus; Vitor Hugo, Laranjeira, Luis Felipe (Juninho) e Vinicius (Luis); João Pedro (Marcelo Germano) e Élber (Bruno). Téc: Amilton Oliveira



Envie um comentário »